MACARRONADA ZERO GLÚTEN AO MOLHO BRANCO

Quem aí ama uma massa?? Não é devido a intolerância ao glúten que ce vai ficar sem comer um macarrãozinho né? Essa receita é livre de glúten e, o principal, de crueldade animal <3 O substituto para o macarrão comum nesta receita, foi o Penne Integral de arroz. E, do contrário que muita gente pensa, o custo benefício desta receita é favorável, pois o pacote custou apenas 4,70 (usei o da marca Urbano). Normalmente, o que se usa para imitar o famoso “molho branco”, em receitas diversas, é a castanha de caju. Nuts no geral não são baratas, porém, essa receita vem com o que eu chamaria de bônus: a batata. A própria batatinha inglesa, um ícone gastronômico inigualável haha, afinal, desconheço que não goste de batata. E nesse caso, ela dá um volume maior ao molho, fazendo com que ele possa render muito mais e sem perder o sabor que as castanhas oferecem. Lembrando que a macarronada leva também o famoso molho de tomate que ensinamos aqui. Faça e se delicie <3

 

MACARRONADA ZERO GLÚTEN– INGREDIENTES:

Macarrão:

Um pacote de penne integral de arroz cozido e escorrido

 

Molho Branco:

Uma xícara e meia de purê de batata inglesa

Meia xícara de cenoura cozida amassada

Uma xícara de castanhas de caju demolhadas por uma hora

Vinte colheres de azeite, ou cerca de ¾ de xícara

Dois dentes de alho

Suco de um limão

Pimenta do Reino e orégano

Sal a gosto

 

MACARRONADA ZERO GLÚTEN – PREPARO:

Bata todos os ingredientes referentes ao molho branco no liquidificador, até que tudo fique bem homogêneo.

Unte uma travessa grande com azeite e coloque primeiro uma camada de molho de tomate. A segunda camada adicionada deve ser a do macarrão e, posteriormente, outra do molho de tomate, finalizando com uma camada de molho branco. Repita todo o processo até preencher toda a forma, finalizando com uma pitada de orégano. Leve ao forno médio por cerca de 20 minutos, até que o molho branco fique mais consistente, está pronto <3

Montagem, começando com o molho de tomate 🙂

 

Travessa utilizada.

 

Resultado final 😉

BOLINHOS DE ERVILHA DA SORTE

Eu gostaria de chamar essa receita de bolinhos da preguiça kkk. Só precisa de uma forcinha pra amassar tudinho, o que não tira a praticidade de apenas colocar tudo em uma tigela, misturar e fazer bolinhas <3 Essa receita é leve e fica muito bem acompanhada do nosso molho de tomate, que ensinamos aqui no blog. A ervilha utilizada foi em conserva, mas pode ser também com ervilhas frescas, contanto que estejam macias o suficiente pra amassar. Acredito que, com outras leguminosas na base, no geral, ficaria também muito gostoso! Gosta de feijão branco, feijão preto, ou grão de bico? Testa com alguma destas no lugar da ervilha e nos conta o resultado. Não tem nada melhor do que um prato que tenha a nossa cara, não é mesmo? Usem a criatividade 😉

Bolinhos de ervilha– INGREDIENTES:

Um pacote de ervilha sem a água da conserva (200g)

½ cenoura pequena cozida

2 dentes grandes de alho ralado

½ Cebola média ralada

Uma xícara de cebolinha picada

Pimenta do reino e cominho a gosto

Aveia em flocos finos

Farinha de Linhaça marrom

Um fio de Azeite

Óleo para untar

Sal a gosto

 

BOLINHOS DE ERVILHA– preparo:

Coloque as ervilhas em um recipiente e amasse com um garfo junto com o fio de azeite, até que forme uma pasta espessa. Adicione a cenoura cozida já amassada, o alho, a cebola, a cebolinha e os temperos, mecha novamente. Ao final, acrescente duas quantidades iguais de aveia e farinha de linhaça, até dar o ponto de modelar. Nessa receita, usei cerca de uma xícara de aveia e outra xícara de farinha de linhaça, porém, o ponto depende da qualidade dos outros ingredientes, o que pode demandar mais ou menos aveia e farinha. Assim, adicione a aveia e a linhaça em partes iguais, aos poucos, até que a mistura forme um ponto no qual seja possível modelar bolinhas. Após o preparo das bolinhas, que devem apresentar o tamanho de uma colher de sopa bem cheia, unte uma forma com azeite ou óleo, adicionando os bolinhos, posteriormente. Leve a forma para assar em fogo médio, por volta de 20 a 30 minutos (o que depende da potência do seu forno). Uma casquinha marrom se forma na parte de baixo dos bolinhos, de maneira que é interessante que, a cerca de cada 15 minutos, as bolinhas sejam viradas para o outro lado, para assar uniformemente. Decorrido o tempo total, os bolinhos vão estar bem douradinhos e visivelmente crocantes por fora. E só tirar e servir com o nosso molho de tomate que ensinamos aqui.

Bolinhas prontas para ir ao forno ;D

 

Bolinhos prontinhos <3

 

Olha como fica com o nosso molho de tomate 😀

Bolsas Veganas. Encontramos Opções Livres de Crueldade em Fortaleza.

Eu sei que ainda é uma dificuldade encontrar bolsas veganas né. Por isso esse post é pra você que está à procura daquela bolsa linda, que não tenha maltratado os animaisCoracao13

Além da alimentação, o veganismo busca excluir a exploração animal também no nosso vestuário, como em todos os outros aspectos da nossa vida (cosméticos, produtos de limpeza, entretenimento, etc.).

Um dos itens mais ligados à exploração animal no nosso vestuário é, sem dúvida, os artigos em couro. Bolsas, calçados, cintos, carteiras, tudo isso normalmente leva couro em sua composição, e quando usa couro sintético, normalmente não tem uma qualidade lá muito confiável.

Aqui em Fortaleza não tem nenhuma marca de bolsas e acessórios vegana, MAS a Jinja utiliza somente material sintético e/ou vegetal ((de boa qualidade!) na confecção de suas peças. A marca trabalha com a criatividade e estilo aplicadas a bolsas/ carteiras/ necessaires/ mochilas e lancheiras.

Para atestar a qualidade dos itens, a Ely, minha parceira de blog, tem peças da Jinja (bolsa, lancheira e necessaire) há bastante tempo, e elas estão em prefeito estado.

É importante dizer que, além da qualidade, as peças são lindas, versáteis, com várias opções de cores,  e preço super justo Emoji50

Tem muitos veganos aqui na cidade que ainda não conhecem a loja, que também tem loja online. Então quem não é de Fortaleza, também pode ter uma jinja pra chamar de sua.

Então para mostrar que tem opção linda sim, de bolsas sem couro animal, fizemos um shooting na loja, com váááários modelos. A marca não só vende, como confecciona seus produtos (apoiar produção local também é legal!).

A coincidência aconteceu quando a gente estava montando os looks pra tirar as fotos (blogueirinhas mesmo), e descobrimos uma marca de calçados veganos e sustentáveis que acabara de chegar na cidade, a  @trilhafortaleza. #serendipity. Falaremos mais dos calçados no próximo post Emoji8

estrelaverdeshooting Coracao10

img_5866
Mini Mochila Caramelo – Jinja; Sapatilha – Trilha Fortaleza; Cropped e macaquinho – Tulipa.
img_5954
RitaBag Étnica Pink – Jinja; Bota – Trilha Fortaleza; Vestido – Borogodó.
img_5994
RitaBag Étnica Pink e RitaBag Black.
Área de produção da Jinja.
img_6054
LuizaBag Azul/Caramelo – Jinja; Vestido – Borogodó.
img_6080
AlineBag Caramelo – Jinja; Cropped – Borogodó.
img_6097
AlineBag é aquela bolsa curinga né 😉
img_6106
LinaBag Caramelo – Jinja; Cropped – Borogodó.
MaddyBag Pink – Jinja; Tênis de Juta: Trilha Fortaleza; Kimono e cropped – Borogodó.
img_6151
Pausa dramática para todos os detalhes da MaddyBag <3

img_6192

AlineBag Açai – Jinja; Tênis de Juta – Trilha Fortaleza; Macaquinho – Borogodó.

img_6205
IrisBag Bicolor – Jinja. Linda e super versátil!
Look: Indo comprar pão 😀 Cropped e saia – Borogodó

Endereço da Jinja: Rua Gonçalves Ledo 1441, Centro, Fortaleza-CE.

Lonja online aqui! 

Nas redes – Instagram: @jinjabolsas; Facebook: Jinja Bolsas

Para compor os looks usamos as marcas Tulipa e Borogodó, ambas de produção local.

A Tulipa traz uma proposta leve ao vestir no cotidiano. As roupas podem ser adquiridas nos perfis virtuais da loja, como Facebook da marca e pelo Instagram: @usetulipa .

A Borogodó traz conforto e estilo, com estampas vibrantes. As peças podem ser adquiridas também pela loja virtual no Facebook da marca e pelo Instagram: @borogodos2.

Gratidão à fotógrafa mais fofa Faby Tsukino (pela sensibilidade em forma de lente fotográfica) e à maquiadora Dennyfer Saraiva, que usou somente produtos veganos (pense numa make bapho!)